Sábado, 22 de Janeiro de 2011

Hitler e a Juventude Hitleriana

 










 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 



  1. Explica qual era a função da Juventude Hitleriana?


 

historia8alustosa às 23:53
| Comentar

O Nazismo aos olhos de uma criança

"Ouvíamos os adultos a falar constantemente deste ou daquele dos seus amigos que tinham perdido o emprego e não sabiam como sustentar a família. (...) Os dirigentes do Nacional Socialismo prometiam acabar com a falta de trabalho e a miséria dos seis milhões de desempregados alemães e eu acreditei neles. Acreditei que unissem o povo alemão e que ultrapassassem as dificuldades resultantes do Tratado de Versalhes. Hitler conseguiu comunicar-nos o seu fanatismo (...) e nós não nos dávamos conta de que se ia pouco a pouco apagando a fronteira entre o Bem e o Mal."


 


Melita Maschmann, A Minha Juventude ao Serviço do Nazismo, Bona, 1963


 



  1. Indica as razões que levaram a autora a apoiar as ideias nazis.

historia8alustosa às 23:53
| Comentar

Auschwitz, BBC 1º de 5 episódios

 









historia8alustosa às 23:52
| Comentar

Campos de Concentração de Buchenwald e Dachau

 










 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 


 



  1. Como foram tratados os prisioneiros pelos nazis neste período?

historia8alustosa às 23:50
| Comentar

Ester Zylberberg, no gueto de Varsóvia, em 1942

"Eu estava muito assustada, mas ao mesmo tempo tinham uma espécie de entusiasmo infantil de que aquilo iria acabar depressa e de que em breve teríamos muito do que falar! (...) A parte mais difícil foi o meu pai ter de fugir, porque era membro do Sindicato dos Operários Judeus. O meu irmão também partiu, foi para o exército russo. Nunca mais os vi."


 


in Nigel Kelly, Living Through History, The Twentieth Century World, Heinemann, 1998


 



  1. O que pensavam as minorias étnicas sobre o regime nazi?

historia8alustosa às 23:48
| Comentar
Sexta-feira, 21 de Janeiro de 2011

A família alemã na propaganda nazi

 



 


A família alemã, de Adam Wissel


 



  1. Que informações retiras desta pintura a respeito da família ideal alemã?

historia8alustosa às 23:47
| Comentar

A pureza da raça alemã

"Himmler tinha uma obsessão de pureza racial. Para garantir a pura linhagem germânica das suas tropas, fez um registo genealógico dos membros das S.S., criando uma elite biológica, os antepassados da nova Alemanha.


Em 1935, fundou uma sociedade cuja missão era estudar a origem do povo alemão. Himmler proibia aos membros das S.S. a utilização de contraceptivos, o aborto e a posse de animais domésticos. O seu dever patriótico era ter, pelo menos, quatro filhos e ainda servir como ajudantes de concepção a mulheres sem filhos consideradas geneticamente valiosas."


 


Ana Oliveira, História 9, Texto Editora


 



  1. Explica a teoria racista defendida pelos nazis.

  2. Qual era o plano de Himmler para preservar a raça ariana.

historia8alustosa às 23:45
| Comentar

"Um Povo, um Império e um Chefe"

 



 


Cartaz de propaganda nazi, 1938


 



  1. Que mensagem transmite este cartaz?

historia8alustosa às 23:41
| Comentar

"Sim, Fuhrer, nós seguimos-te"

 



 


Cartaz de propaganda nazi, 1933


 



  1. Que mensagem transmite o cartaz?

historia8alustosa às 23:39
| Comentar
Sábado, 15 de Janeiro de 2011

Lições n.ºs 47 e 48

O que deves conseguir fazer no final da(s) aula(s):



  • Relacionar a crise económica e social com a ascensão do nazismo.

  • Descrever as condições e os meios que permitiram a ascensão ao poder do Partido Nazi.

  • Indicar a medidas tomadas por Hitler no sentido de estabelecer uma ditadura.

  • Descrever as ideias racistas de Hitler.

  • Explicar o significado de Espaço Vital.

  • Referir os meios utilizados para instituir culto ao Fuhrer.

  • Justificar a intervenção do Estado nazi na economia.


Que aprendizagens e competências vais desenvolver:



  • Levantamento e exploração dos conhecimentos tácitos e/ou prévios dos alunos sobre os conceitos de anti-semitismo, arianismo, nacionalismo, nazismo e racismo;

  • Visionamento e análise de um excerto do filme "O Triunfo da Vontade", de Leni Riefenstahl;

  • Indicação das questões-orientadoras da aula;

  • Leitura e interpretação de um texto historiográfico sobre as dificuldades da democracia alemã;

  • Observação e interpretação de um cartaz de propaganda nazi dos anos 30 sobre o Fuhrer e os símbolos do partido nazi;

  • Leitura e análise de excertos do Programa do Partido Nazi de 1920;

  • Leitura e análise de um documento escrito sobre o descontentamento da população alemã;

  • Análise de um gráfico sobre o desemprego e a orientação do voto na Alemanha, entre 1928 e 1932;

  • Leitura e análise de um texto historiográfico sobre a doutrina nazi;

  • Leitura e interpretação de um excerto da obra "A Minha Luta" sobre o papel do Fuhrer;

  • Visualização e análise de imagens do Congresso do Partido Nazi em Nuremberga, em 1935;

  • Leitura e análise de um excerto da obra "A Minha Luta" sobre a superioridade da raça ariana e o espaço vital;

  • Observação e análise de uma pintura de Adam Wissel sobre a família ideal alemã;

  • Leitura e interpretação de excertos das Leis de Nuremberga de 1935

  • Visionamento e análise de imagens do Gueto de Varsóvia, em 1940, e do Campo de Concentração de BuchenWald, em 1945;

  • Resolução de exercícios do Manual Virtual.


Orientações para o estudo:



  • Resolução das questões das páginas 29 e 30 do Livro de Actividades.

  • Indicação dos trabalhos de pesquisa a realizar pelos alunos.

historia8alustosa às 16:03
| Comentar
Quinta-feira, 13 de Janeiro de 2011

Mussolini's Rise

 










 


 

historia8alustosa às 21:45
| Comentar

Regimes ditatoriais na Europa

Depressão iniciada em 1929 tomou os conflitos entre as diversas classes sociais ainda mais profundos e explosivos. Os sectores mais explorados da população – os operários e os camponeses – passaram a reclamar de forma mais contundente soluções sociais que melhorassem suas condições de vida.


Os regimes democráticos liberais revelaram-se incapazes de solucionar os grandes problemas sócio-económicos da época. O impacto da crise provocou, então, em diversos países, um enfraquecimento das ideias liberais democráticas. Por outro lado, ampliavam-se e fortaleciam-se, dentro dos Estados capitalistas, as atribuições do Poder Executivo. Além da crise do capitalismo, um outro importante factor promoveu o recuo do liberalismo, abrindo espaço ao avanço dos regimes totalitários, em alguns países particularmente abalados pela crise. Era o medo, alimentado pelas classes dominantes, da expansão dos movimentos socialistas, revigorados pelo exemplo da Revolução Soviética.


Os partidos de orientação marxista, empenhados em organizar o proletariado contra  a exploração capitalista, representavam uma ameaça aos interesses dos grandes banqueiros e industriais. Para salvar esses interesses, significativa parcela das classes dominantes apoiou a ascensão das doutrinas totalitárias, que prometiam restabelecer a ordem e a disciplina social.

historia8alustosa às 21:41
| Comentar

Lições n.ºs 47 e 48


Que aprendizagens e competências vais desenvolver:



  • Observação e análise de imagens sobre a propaganda e a ideologia fascista.

  • Visionamento de análise de excertos do filme "A Marcha sobre Roma".

  • Leitura e análise de textos sobre as características do fascismo italiano.


O que deves conseguir fazer no final da(s) aula(s):



  • Explicar o avanço dos regimes autoritários na Europa.

  • Relacionar a crise económica e social com a ascensão do fascismo.

  • Caracterizar o regime fascista e nazi quanto aos seus princípios e formas de actuação.


Orientações para o estudo:



  • Resolução das questões das páginas 27 e 28 do livro de actividades.


historia8alustosa às 20:01
| Comentar
Segunda-feira, 10 de Janeiro de 2011

Keynes e a crise

"Em 1936, John Keynes (...) defendia que fazer as pessoas trabalhar por salários mais baixos nunca eliminaria o desemprego. A prosperidade dependia da procura conjunta, ou o gasto total feito por investidores, governo e consumidores; uma baixa procura conjunta prejudicava os salários e os empregos. Um período de depressão podia ser atenuado se os governos se os governos baixassem as taxas e juro, estimulando assim o investimento."


 


Guy Arnold, "Pobreza e Riqueza", in Século do Povo


 



  1. Identifica as ideias defendidas por Keynes para retirar os EUA da crise.

historia8alustosa às 23:04
| Comentar

As Vinhas da Ira, John Ford (1940)

 









historia8alustosa às 23:04
| Comentar

As Vinhas da Ira, de John Steinbeck (1939)

"Os carros dos emigrantes arrastavam-se pela estrada principal, vindos dos caminhos que a cruzavam, e despejavam populações para o Oeste. À luz do dia, marchavam como percevejos nesse rumo; quando a escuridão baixava, agrupavam-se como percevejos à volta de um abrigo ou em regiões onde a água abundava.(…) Agrupavam-se estreitamente, falavam uns com os outros sobre as esperanças que depositavam na nova terra, dividiam entre si a comida, a própria vida. (…)
À noite, acontecia uma coisa estranha: as vinte famílias tornavam-se uma só família; as crianças eram filhas de todos. A perda de um lar tornava-se uma perda colectiva, e o sonho dourado do Oeste, um sonho colectivo. E podia acontecer que uma criança enferma enchesse de pena os corações de vinte famílias, de cem pessoas; que um parto numa tenda mantivesse cem pessoas em silêncio e em expectativa durante uma noite e que a manhã seguinte encontrasse cem pessoas felizes com o êxito de um parto de gente estranha. Uma família que, uma noite antes tivesse errado apavorada na estrada, era capaz de procurar entre os seus parcos tesouros, algo que se pudesse dar de presente ao recém-nascido. À noite, sentados em redor da fogueira, os vinte perfaziam um só; uniam-se como um só, nos acampamentos, quer de tarde, quer de noite. Uma guitarra surgia então de sob um cobertor, e soava tristemente e entoavam-se canções – canções populares. Os homens cantavam a letra e as mulheres cantarolavam a melodia".


 


As Vinhas da Ira, de John Steinbeck


 



  1. Como reagiu a população ao desemprego?

historia8alustosa às 23:03
| Comentar

Lição n.º 46

Que aprendizagens e competências vais desenvolver:



  • Observação e análise de imagens sobre os efeitos sociais da crise económica.

  • Leitura e análise de um excerto da obra "As Vinhas da Ira", de John Steinbeck.

  • Debate sobre as causas e consequências do desemprego na actualidade.

  • Análise de um esquema relativo à intervenção do Estado na economia.


O que deves conseguir fazer no final da(s) aula(s):



  • Distinguir as principais medidas adoptadas pelo New Deal, nos Estados Unidos da América.

  • Identificar as principais consequências sociais decorrentes da crise.

historia8alustosa às 19:17
| Comentar
Quarta-feira, 5 de Janeiro de 2011

O Crash de Wall Street, 1.ª de 6 partes

 










 


 

historia8alustosa às 23:46
| Comentar

Lições n.ºs 44 e 45

Que aprendizagens e competências vais desenvolver:



  • Exploração dos conhecimentos tácitos e/ou prévios dos alunos sobre os conceitos de superprodução, deflação, depressão económica, proletarização e proteccionismo estatal.

  • Observação e análise de imagens sobre crise económica e as condições de vida no auge da Grande Depressão.

  • Leitura e análise de um documento escrito relativo à crise económica e financeira nos anos 30.

  • Análise de gráficos relativos aos preços dos produtos, das acções e à produção industrial  nos Estados Unidos e na Europa.

  • Leitura e análise de um excerto da obra "As Vinhas da Ira", de John Steinbeck.

  • Visionamento de excertos do documentário "The Great Wall Street Crash & Depression".

  • Leitura e interpretação de um excerto de um discurso de Franklin Roosevelt.

  • Elaboração de um esquema relativo à intervenção do Estado na economia.


O que deves conseguir fazer no final da(s) aula(s):



  • Explicar a mundialização da crise de 1929.

  • Identificar as principais consequências sociais decorrentes da crise.

  • Distingue as principais medidas adoptadas pelo New Deal, nos Estados Unidos da América.


Orientações para o estudo:



  • Elaboração de um texto sobre a crise económica nos anos 30.

historia8alustosa às 23:44
| Comentar
Terça-feira, 4 de Janeiro de 2011

Lição n.º 43

Que aprendizagens e competências vais desenvolver:



  • Exploração dos conhecimentos tácitos e/ou prévios dos alunos sobre os conceitos de superprodução, deflação, depressão económica, proletarização e proteccionismo estatal.

  • Observação e análise de imagens sobre crise económica e as condições de vida no auge da Grande Depressão.

  • Leitura e análise de um documento escrito relativo à crise económica e financeira nos anos 30.


O que deves conseguir fazer no final da(s) aula(s):



  • Descrever o crash da Bolsa de Nova Iorque de 1929.

  • Explicar a crise de 1929 nos Estados Unidos e as suas consequências.


Orientações para o estudo:



  • Elaborar um esquema sobre a crise do capitalismo nos anos 30.

historia8alustosa às 23:42
| Comentar

Agrupamento de Escolas de Lousada Norte

Pesquisar

 

Maio 2012

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
24
25
26

27
28
29
30
31


Posts recentes

Cotações e critérios de c...

Preparação para o teste i...

Informação sobre o teste ...

Critérios específicos de ...

Teste intermédio 2011 Ver...

Teste intermédio 2011 Ver...

O salazarismo

O nazismo

A depressão económica

O fascismo

A ação dos governos repub...

As leis da República

A Constituição da Repúbli...

Economia portuguesa nos f...

As Reformas religiosas

Arte renascentista

A mentalidade Renascentis...

As novas rotas do comérci...

As condições para a Expan...

A Romanização

Guerra do Vietname: uma g...

A Guerra, RTP

A Guerra Colonial Portugu...

A vida de Mahatma Gandhi,...

Julgamento de Nuremberga,...

Hiroshima, Discovery Chan...

Filmes perdidos da 2.ª Gu...

Apocalipse da Segunda Gue...

Objetivos para o teste de...

A Censura e a polícia pol...

A acção da polícia políti...

A educação e a Mocidade P...

A Constituição de 1833

Salazar e o fascismo

Salazar, Salvador da Pátr...

Arquivos

Maio 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Ligações